>

Como a ascensão da computação em nuvem nas empresas e sua contínua oferta de eficiência e benefícios de custo, as organizações enfrentam desafios significativos relacionados à privacidade, segurança e proteção de dados. Desafios como estes estão crescendo à medida que mais e mais empresas adotam suas estruturas de TI baseadas na nuvem.

Buscando assegurar o uso inteligente das ferramentas em cloud, é imprescindível adotar e estruturar ações apropriadas de segurança, bem como conhecer as melhores estratégias de segurança na nuvem do mercado.

O desconhecimento na hora de identificar e eliminar problemas pode desestabilizar e comprometer a saúde de TI da empresa. Para evitar este tipo de cenário, a equipe de TI deve acompanhar as atualizações de tecnologias acessíveis para cloud, avaliando as opções para preservação dos sistemas e correção de problemas em nuvem.

Pensando nesses desafios, montamos para você este conteúdo com 5 super dicas que vão te ajudar a encarar os desafios de segurança em nuvem. Acompanhe!

Uso da nuvem e os desafios em segurança

Quase toda empresa que você possa imaginar utiliza serviços em nuvem para muitas de suas aplicações de negócio. Estamos familiarizados com os mais diversos serviços de nuvem pública — e não há dúvida de que esses provedores oferecem ambientes mais seguros do você jamais poderia imaginar com seus servidores locais — mas, seus dados estão seguros na nuvem?

Mesmo que provedores de serviço em nuvem sejam bons quando o assunto é a proteção dos dados, eles não conseguem protegê-lo uma vez que esses dados saem da nuvem e interagem com outros sistemas. E isso ocorre com muita frequência em seu negócio, à medida que colaboradores acessam, baixam e transferem, por meio dos mais diversos dispositivos e lugares vários dados.

Além disso, ataques mal intencionados podem ocorrer, tais como: envenenamento de dados, roubo de modelos e até mesmo entrada de adversários.

De forma geral, as violações na segurança da computação em nuvem são raramente provocadas por baixa proteção de dados na nuvem, mas sim, por seres humanos. Felizmente existem maneiras de reduzir este risco!

E segurança na nuvem nada mais é do que um sistema que você usa para manter seus dados armazenados na nuvem de forma segura. Muito mais que apenas manter seu negócio saudável, a segurança em nuvem torna sua empresa mais competitiva no moderno ambiente empresarial.

Qual a importância da segurança em nuvem?

Não havendo segurança na nuvem, todos os dados que você usa — e consequentemente, a integridade do seu negócio — estão em xeque! Qual o motivo de algum cliente continuar com você após ter seus dados roubados devido sua falta de segurança? 

Quando se trata de segurança, não é exagero dar importância ao controle do seu ambiente em nuvem, quer seja ela pública, privada ou híbrida. Abaixo estão as 5 dicas que você, profissional de TI, deve considerar na hora de encarar os desafios de segurança da computação em nuvem.

  1. Capacite e eduque seus colaboradores

Para a maioria das organizações, há uma explicação fácil para as ameaças à segurança: colaboradores que não recebem nenhuma instrução. Por isso é tão importante oferecer treinamentos contínuos, só assim será possível impedir que os funcionários sejam vítimas desses golpes e comprometa os dados confidenciais da sua empresa.

Alguns passos para você minimizar os riscos e evitar ameaças à segurança da nuvem:

  • Envolva toda a empresa. Quando os funcionários se envolvem ativamente na proteção dos ativos da empresa, é mais provável que se responsabilizam por suas obrigações em relação às medidas de segurança; 
  • Configure um plano para sua equipe de TI. Estabelecer um protocolo de resposta caso os funcionários se sentirem que foram comprometidos é fundamental. Crie um documento que ofereça aos usuários as etapas para executar diversos cenários, dessa forma eles sempre estarão preparados;
  • Execute testes de segurança sem aviso prévio. Educar seus funcionários é importante, mas não se nenhuma informação for mantida. Portanto, invista em ferramentas que permitem enviar e-mails de phishing simulados, para ver se os funcionários tomam a ação apropriada, dependendo do cenário.

Essas são algumas ações que você pode aplicar.

  1. Conheça os detalhes da nuvem

Quando se fala em conhecer os detalhes da nuvem, é preciso entender, além de qual servidor e data centers seus dados estão armazenados, as limitações dos serviços em nuvem para recuperar seus dados perdidos, seja por erro de usuário ou por meio de ataques. 

Também é possível sondar esses servidores e verificar se eles são auditados e possuem relatórios de controle de segurança. Serviços bem gerenciados agregam vários benefícios e experiência para tornar seus negócios — e todos os dados e sistemas envolvidos — mais resilientes. Em caso de dúvida, procure junto aos seus provedores de serviço de nuvem clientes exigentes que são criteriosos quanto às medidas de segurança.

  1. Avalie a possibilidade de um plano de backup de dados

Provavelmente um dos aspectos mais negligenciados da computação em nuvem e, claramente uma das maneiras mais ágeis de aumentar o controle dos seus dados, tendo a certeza de que, aconteça o que acontecer, você tenha um backup seguro de todos os seus dados.

Em vez de depender de um único servidor ou uma única nuvem (pública ou privada), considere executar sua computação em vários serviços em nuvem, reduzindo o risco de interrupção do serviço por parte do fornecedor, levando a problemas provocados pela tempo expressivo de inatividade.

Esta opção é uma estratégia importante para empresas que buscam manter a opção da nuvem enquanto fortalecem seus modelos de negócios contínuos. Trata-se mais sobre proteger seus negócios do que efetivamente dados reais, no entanto, fornece o mesmo tipo de tranquilidade.

  1. Gerencie o acesso dos usuários

Implementar políticas mais restritivas que impõem quais dados podem ou não serem manipulados em ambientes de compartilhamento de arquivo, controlar os domínios/e-mails aos quais podem ou não serem enviados arquivos bem como auditar acessos para garantir que não ocorram anomalias.

Paralelamente é possível inserir autenticação que garantam que apenas pessoal autorizado possa efetuar login nas aplicações em nuvem e acessar dados confidenciais. A tradicional combinação de nome de usuário e senha costumam ser insuficientes para proteger suas contas de usuários mal intencionados (lembrando que credenciais roubadas são uma das principais falhas da segurança em nuvem).

Pensando assim, nem todos os arquivos e informações precisam estar disponíveis para acesso à maioria dos colaboradores. Defina níveis adequados de autorização para que cada funcionário tenha garantido apenas a visualização, o acesso e manipulação de dados e arquivos para que ele complete seu trabalho. 

Isto não é só uma segurança que impede um funcionário de acidentalmente manipular de forma errada informações como evita que informações sigilosas caiam em mãos erradas em caso de acesso não autorizado.

  1. Faça testes!

Ao implementar novas medidas que protegem sua nuvem, pense como um criminoso ou alguém mal intencionado. Realize testes de penetração para identificar, avaliar e solucionar vulnerabilidades, minimizando as ameaças à segurança na nuvem. Lembre-se sempre que ameaças internas são tão prováveis quanto às ameaças externas.

Minimize seus riscos de segurança em computação em nuvem

De forma geral,  a computação em nuvem é uma opção muito mais econômica e definitivamente mais segura se você adotar as devidas precauções. 

Acompanhar as práticas recomendadas do setor para os serviços em nuvem pode te ajudar a tirar o máximo proveito da computação em nuvem, sustentando níveis altíssimos de segurança para proteger os seus dados sensíveis e/ou confidenciais.

Uma vez que você entendeu melhor o estado atual de sua infraestrutura em nuvem, o que está em jogo e como evitar ameaças à segurança na nuvem, você passa a tomar decisões mais assertivas sobre sua infraestrutura de TI. 

A tecnologia evolui constantemente e por isso é indispensável  — para quem trabalha com tecnologia — se atualizar sobre as inovações digitais, e, quando o assunto é segurança, como já diz o ditado, é melhor prevenir do que remediar.

Especialistas experientes de TI podem auxiliá-lo na elaboração de estratégias que te orientarão para o gerenciamento contínuo e proteção garantida. Entre em contato com nosso time para obter mais informações sobre como podemos te ajudar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *